Fitblack - Moda Masculina, Feminina e Acessórios - Fitblack - Asics, Adidas, Nike, Fila, Mizuno, Hering, Rovitex, Malwee, Lunender, Planet Girl, Gangster, Fatal surf, UFC, RG518 e outras grandes multimarcas - Fitblack - Trabalhamos com tamanhos grandes. Fitblack - Clique no Banner - Fitblack - Clique no Banner - Fitblack - Clique no Banner - Fitblack - Clique no Banner - Fitblack - Clique no Banner - Fitblack - Clique no Banner -

29/01/2013

Posição de Hasteamento e Utilização da Bandeira Nacional, Estado e Município em , Desfile, Formatura, Pavilhões, Estandarte, Linha de Mastros, Panóplias, Escudos ou peças semelhantes - Disposição, Uso e Posicionamento das Bandeiras



POSIÇÃO da BANDEIRA NACIONAL


Em todas as apresentações em território brasileiro, a Bandeira Nacional deve ocupar sempre o lugar de honra. Sua posição deve ser:
  • central ou a mais próxima do centro – e à direita deste, quando com outras bandeiras, pavilhões ou estandartes, em linha de mastros, panóplias, escudos ou peças semelhantes;

  • destacada à frente de outras bandeiras, quando conduzida em formaturas ou desfiles;

  • à direita de tribunas, púlpitos, mesas de reunião ou de trabalho.

As embaixadas de outros países no Brasil, por constituírem território estrangeiro, são os únicos lugares em que a Bandeira Nacional fica à esquerda. No caso de bandeiras regionais, a precedência é regulada pela antigüidade histórica dos diferentes estados.


BANDEIRA NACIONAL E OUTRAS BANDEIRAS

1.  com bandeira do Estado: NACIONAL à direita e ESTADO à esquerda.

2.  com bandeira do Município: NACIONAL à direita e MUNICÍPIO à esquerda.

3.  com bandeira do Estado e do Município: NACIONAL ao centro, ESTADO à direita e MUNICÍPIO à esquerda.

4.  com bandeira do ESTADO e da Empresa: NACIONAL no centro, ESTADO à direita e Empresa à esquerda.

5.  com bandeira do Estado, Município e Empresa: NACIONAL no centro-direito, ESTADO à esquerda da NACIONAL, dividindo as duas o centro, MUNICÍPIO à direita e Empresa à esquerda, ao lado da bandeira do Estado.

6.  com bandeira de vários Estados: Bandeira do ESTADO-anfitrião à direita da Bandeira NACIONAL (os demais Estados seguem a ordem de fundação histórica).

7.  com bandeira de outro país: NACIONAL à direita e do país visitante à esquerda.

8.  com bandeiras de outros países: ordem alfabética dos países visitantes, pelo idioma do país anfitrião.

9.  com bandeiras de outros países e do Estado anfitrião (em número ímpar): Bandeira do país visitante de primeira letra alfabética à direita da do Brasil, seguindo-se a do Estado anfitrião, à esquerda (os outros países acompanham a ordem alfabética).

10.             com bandeiras de outros países e do Estado anfitrião (em número par): Bandeira do ESTADO anfitrião à direita da Bandeira NACIONAL e bandeiras de outros países à esquerda, por ordem alfabética.

11.             com bandeira de outro país, do Estado e da empresa: Bandeira do país visitante, que fica à esquerda da do Brasil, bandeira do Estado anfitrião, à direita e por último a da empresa, à esquerda do país visitante.


IMPORTANTE:

Considera-se direita de um dispositivo de bandeiras a direita de uma pessoa colocada junto a ele e voltada para a rua, para a platéia ou, de modo geral, para o público que observa o dispositivo. Ou seja, lado direito, nesse caso, corresponde à direita de quem hasteia a bandeira e não de quem está de frente para ela.





Fonte: www.patriotismo.org.br




Disposição e Uso

Posicionamento das Bandeiras
* A Bandeira Nacional pode ser usada em todas as manifestações do sentido patriótico dos brasileiros, de caráter oficial ou particular.
* Nenhuma bandeira de outra nação poderá ser usada sem que a nacional esteja ao seu lado direito e seja de igual tamanho, salvo nas sedes das embaixadas e consulados.
* Num dispositivo de bandeiras (mastros ou adriças), as estrangeiras deverão ficar distribuídas à direita e à esquerda da nacional, por ordem alfabética dos países.
* Tratando-se de bandeiras dos estados da união, a ordem é determinada pela constituição histórica, mas também poderão ser distribuídas em ordem alfabéticas.
* Num dispositivo em que, além das bandeiras estrangeiras, participa a estadual, esta ficará por última. Caso participe também a municipal, esta ficará em último ou penúltimo, se houver ainda uma de entidade promotora, será colocada em último lugar.



Obs.: Não esquecer que direita e esquerda de um dispositivo é a direita e a esquerda de uma pessoa colocada de costas para o prédio, ou palco, onde estão as bandeiras e de frente para rua, platéia ou público.

Hasteamento:
O hasteamento das bandeiras fica das 8h às 18h, com chuva ou sol e após as 18h as bandeiras deverão ser sempre iluminadas por questão de respeito.

A noite a bandeira deve estar iluminada. 
Não é permitido hastear sem iluminação
Dentro de salão:
As bandeiras podem ficar a direita ou esquerda do salão.
Em recinto fechado:

Neste caso deverá ser usada em mastro à direita da mesa 
ou desfraldada na posição central em cima do presidente da sessão.

A bandeira deve estar descoberta, sem nenhuma 
pessoa a frente ou objeto atrapalhando o visualização.
Ordem das Bandeiras:
Países em ordem alfabética (depois do anfitrião).

Em linha de mastro 
(com número par de bandeiras)

A bandeira do Brasil deve se posicionar ao centro-direita do 
dispositivo, ou seja, a esquerda do observador.
Sempre do lado direito deverá estar com uma bandeira a menos.

• Por ordem de importância países, estados, municípios 
e instituições, sempre da direita pra esquerda.


Em linha de mastro 
(com número ímpar de bandeiras)

A bandeira do Brasil deve se posicionar ao centro com número 
igual de bandeiras para cada lado. A Bandeira nunca deve ser menor, 
sempre igual ou maior que as outras, caso seja hasteada com outros 
países deve ser do mesmo tamanho para não ser considerado desrespeito.
Em desfiles militares:
Posição de descansar, ombro-armas e em continência.

• A Bandeira Nacional, quando hasteada junto com outras, deve 
ser a primeira a chegar ao topo do mastro e a última a descer.
Saudações Civis:

As pessoas devem estar de pé, em silêncio e com respeito,
a bandeira deve estar descoberta, sem nenhuma 
pessoa a frente ou objeto atrapalhando o visualização.

• Por lei, escolas públicas e particulares são obrigadas 
a hastear a bandeira nacional pelo menos uma vez por semana.

Protocolo
Honra à bandeira:
Dependendo do país e da bandeira a etiqueta com a qual se deve tratá-la obriga a vários procedimentos. Por exemplo o protocolo pode definir certos rituais e procedimento a serem levados a cabo para a destruição de uma bandeira velha. O cerimonial e a atitude perante a bandeira poderão ser mais ou menos rigorosos conforme o país.
Bandeira de cabeça para baixo:
A tradição diz que hastear uma Bandeira Nacional de cabeça para baixo indica uma situação grave. Existem várias versões a esse respeito. A primeira indica que é uma forma de declarar a rendição perante uma força militar estrangeira. A segunda indica que uma Bandeira hasteada de cabeça para baixo num navio ou noutro ponto significativo, significa um pedido de auxílio.

Luto:
Um dos mais conhecidos sinais de luto oficial numa organização, municipalidade, região ou país é o hasteamento da sua bandeira a meia-haste. Quando isto não é possível, coloca-se um laço um ou fita negra sobre o seu pano.
Uso
Em alguns países é obrigatório arrear a Bandeira à noite, mesmo que exista luz para a iluminar. Também existe a obrigação de arrear a bandeira quando a chuva ou ou vento são suficientemente fortes para a danificar.

  
 Entidades / Exemplos

Nenhum comentário: