21.10.16

SISTEMAS AUTOMÁTICOS DE EXTINÇÃO POR ÁGUA - MECANISMOS DE EXTINÇÃO COM ÁGUA - Da vaporização da água resulta um efeito de arrefecimento - DIMENSIONAMENTO DE REDES DE SPRINKLERS - RICARDO JORGE VAZ DA SILVA - Porto-Portugal

SISTEMAS AUTOMÁTICOS DE EXTINÇÃO POR ÁGUA

MECANISMOS DE EXTINÇÃO COM ÁGUA

Na maioria dos casos, o principal efeito de aplicação da água na extinção de um incêndio é o arrefecimento. Este efeito é tanto mais importante, quanto maior for a superfície exposta da água face ao seu volume, isto é, quanto mais finamente pulverizada estiver.

Porém a aplicação da água pulverizada só é eficaz quando o incêndio se desenvolve com uma intensidade suficientemente baixa que possibilite a incidência direta das partículas de água sobre a matéria a arder.

Este princípio é aplicado na tecnologia de sprinklers. Noutros casos, por exemplo, em que se exige maior alcance dada a impossibilidade de aproximação ao foco de um incêndio de alguma intensidade ou se pretenda uma maior penetração, a água deve ser aplicada sob a forma de jato.


Da vaporização da água resulta um efeito de arrefecimento:

- Por cada grama (20 °C) que se vaporize totalmente são retirados cerca de 620 Cal;


- Porém, outro efeito de aplicação da água na extinção de um incêndio é o de abafamento, que não cabe no desenvolvimento deste estudo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário