5.10.16

CURVAS CARACTERÍSTICAS DE BOMBAS CENTRÍFUGAS - DEFINIÇÃO - CURVA CARACTERÍSTICA DA BOMBA - CURVA CARACTERÍSTICA DI SISTEMA - CURVA 2 VAZÃO X PRESSÃO - CURVA 3 CCS A PARTIR DE Hgeo - CURVA 4 PONTO DE TRABALHO - CURVA 5 ESTÁVEL - CURVA 6 INSTÁVEL - MANUAL DE HIDRÁULICA BÁSICA - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS MECÂNICOS


CURVAS CARACTERÍSTICAS DE BOMBAS CENTRÍFUGAS

1. DEFINIÇAO: De forma simples e direta, podemos dizer que a curva característica de uma bomba é a expressão cartesiana de suas características de funcionamento, expressas por Vazão, em m³/h na abscissa e na ordenada, hora Altura, em mca; rendimento (h), em %; perdas internas (NPSHr), em mca; e potência absorvida (BHP), em cv;

1.1 CURVA CARACTERÍSTICA DA BOMBA: A curva característica é função particular do projeto e da aplicação requerida de cada bomba, dependendo do tipo e quantidade de rotores utilizados, tipo de caracol, sentido do fluxo, velocidade específica da bomba, potência fornecida, etc. Toda curva possui um ponto de trabalho característico, chamado de “ponto ótimo”, onde a bomba apresenta o seu melhor rendimento (h), sendo que, sempre que deslocar-se, tanto a direita como a esquerda deste ponto, o rendimento tende a cair. Este ponto é a intersecção da curva características da bomba com a curva característica do sistema (curvas 3 e 4 - CCB x CCS).

É importante levantar-se a curva característica do sistema, para confrontá-la com uma curva característica de bomba que se aproxime ao máximo do seu ponto ótimo de trabalho (meio da curva, melhor rendimento). Evita-se sempre optar-se por um determinado modelo de bomba cujo ponto de trabalho encontra-se próximo aos limites extremos da curva característica do equipamento (curva 2), pois, além do baixo rendimento, há a possibilidade de operação fora dos pontos limites da mesma que, sendo à esquerda poderá não alcançar o ponto final de uso pois estará operando no limite máximo de sua pressão e mínimo de vazão. Após este ponto a vazão se extingue, restando apenas a pressão máxima do equipamento denominada schut-off.

Ao passo que, operando-se à direita da curva, poderá causar sobrecarga no motor. Neste ponto a bomba estará operando com máximo de vazão e mínimo de pressão aumentando o BHP da mesma.

Esta última posição é a responsável direta pela sobrecarga e queima de inúmeros motores elétricos em situações não previstas pelos usuários em função do aumento da vazão, com consequente aumento de corrente do motor.


De um modo geral podemos dizer que as curvas características podem ser:

A. Estáveis: quando uma determinada altura corresponde a uma única vazão (curva 5);

B. Instáveis: quando uma determinada altura corresponde a duas ou mais vazões (curva 6);


1.2 CURVA CARACTERÍSTICA DO SISTEMA: É obtida fixando-se a altura geométrica total do sistema (sucção e recalque) na coordenada Y (altura mca), e, a partir deste ponto, calcula-se as perdas de carga com valores intermediários de vazão, até a vazão total requerida, considerando-se o comprimento da tubulação, diâmetro e tipo de tubo, tempo de uso, acessórios e conexões (curvas 3 e 4).

















Nenhum comentário:

Postar um comentário