17.6.16

LIMPEZA E DESINFEÇÃO DE MATERIAIS - Para a eliminação e/ou desinfecção do material utilizado no tratamento de feridas sangrantes devem ser seguidas as seguintes orientações - LIMPEZA DE SUPERFÍCIES E LOCAIS COM RESPINGOS DE SANGUE - - MANUAL DE PRIMEIROS SOCORROS - SITUAÇÕES DE URGÊNCIA EM CEI, EMEI E EMEF

LIMPEZA E DESINFEÇÃO DE MATERIAIS

Uma vez terminado qualquer tratamento de feridas sangrantes há que proceder à eliminação e/ou desinfecção do material utilizado e à limpeza das superfícies ou locais eventualmente conspurcados com sangue.


ELIMINAÇÃO E/OU DESINFEÇÃO DO MATERIAL UTILIZADO


Nota: Quem proceder a estas operações deve manter sempre as mãos protegidas com luvas de borracha. 


Para a eliminação e/ou desinfecção do material utilizado no tratamento de feridas sangrantes devem ser seguidas as seguintes orientações:

• O material descartável utilizado no tratamento das feridas (luvas, avental, “Spongostan”, compressas, ligaduras, adesivos, etc.) deve ser removido para o saco de plástico de parede dupla que se atará firmemente;

• O restante material (pinças, tesouras, etc.), logo depois de utilizado deve ser lavado com água e sabão e depois mergulhado em lixívia comercial durante 30 minutos.



LIMPEZA DE SUPERFÍCIES E LOCAIS COM RESPINGOS DE SANGUE


À semelhança do material, todas as superfícies e locais respingados com sangue devem ser cuidadosamente limpos e desinfetados:

• Utilizar sempre luvas de borracha descartáveis;

• Favorecer a absorção do sangue com material irrecuperável (toalhas de papel absorvente, por exemplo);

• Deitar por cima dos locais contaminados lixívia pura (se possível a 10%) e deixar atuar durante 10 minutos;

• Remover tudo para saco de plástico adequado e fechá-lo com segurança;


• Por último, lavar toda a superfície contaminada com água. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário