17.6.16

AFOGAMENTO - O QUE DEVE FAZER - O QUE NÃO DEVE FAZER - MANUAL DE PRIMEIROS SOCORROS - SITUAÇÕES DE URGÊNCIA EM CEI, EMEI E EMEF

AFOGAMENTO



Convém lembrar que uma criança pequena se pode afogar em poucos centímetros de água, num tanque, balde quase vazio, ou até mesmo na banheira, durante o banho.



O QUE DEVE FAZER

• Retirar imediatamente a vítima de dentro de água;
• Verificar se está consciente, se respira e se o coração bate;
• Colocar a vítima de barriga para baixo e com a cabeça virada para um dos lados.




• Comprimir a caixa torácica 3 a 4 vezes, para fazer sair a água (fig. 4).


Se a vítima não respira, deitá-la de costas e iniciar de imediato os procedimentos do algoritmo do Suporte Básico de Vida.

Logo que a vítima respire normalmente, colocá-la em Posição Lateral de Segurança (PLS) e mantê-la confortavelmente aquecida.

Em qualquer situação, transportar a vítima ao Hospital, ativando o Serviço de Emergência Médica.




O QUE NÃO DEVE FAZER


Se o afogamento se deu no mar ou num rio, o socorrista não deve:

• Lançar-se à água se não souber nadar muito bem;
• Procurar salvar um afogado que está muito longe de terra;
• Deixar-se agarrar pela pessoa que quer salvar;

Deve atirar-lhe uma corda ou uma bóia. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário