2.3.16

Análise preliminar das condições de trabalho - Etapas - Modelo da Saúde e Segurança no Trabalho oferece três modalidades de intervenção preventiva nos ambientes de trabalho - Vantagens para a empresa que detém a Saúde e Segurança no Trabalho

Análise preliminar das condições de trabalho

A análise preliminar das condições de trabalho permite a elaboração de estratégias que vão subsidiar as etapas de implantação do programa de gestão de saúde e segurança no trabalho, e é estabelecida com quatro indagações bem simples:

- O trabalhador está exposto à fonte de perigo?
- O trabalhador está em contato com a fonte de perigo?
- Qual o tempo e a freqüência do contato entre o trabalhador e a fonte de perigo?
- Qual a distância entre o trabalhador e a fonte de perigo?


De forma preliminar, das quatro indagações, conclui-se que:
- quanto maior o tempo de exposição ou de contato com a fonte de perigo, maior será o risco;
- quanto maior for a freqüência da exposição ao perigo, maior será o risco; 
- quanto mais próximo da fonte de perigo, maior será o risco.

É importante ressaltar que a fonte de perigo pode ser um equipamento, uma máquina, um instrumento ou qualquer condição de trabalho perigosa.


Etapas:

- diagnóstico inicial para conhecer as características da empresa, dos trabalhadores e dos ambientes de trabalho;

- mapeamento dos processos de produção e atividades relacionadas, para conhecimento de suas principais etapas;

- avaliação dos riscos para identificar as fontes de perigo e estimar os riscos a elas associados;

- identificação de requisitos legais e outros para verificar a situação da empresa em relação ao cumprimento da legislação e de acordos ou contratos firmados;

- definição dos objetivos e metas, para que a direção da empresa estabeleça aonde quer chegar em relação à saúde e à segurança no trabalho;

- controle operacional, medição e monitoramento, para estabelecer o ciclo básico de gerenciamento de saúde e segurança no trabalho, constituído pelos seguintes passos:
1- reconhecimento;
2- antecipação;
3- avaliação;
4- prevenção;
5- controle.

- implementação dos programas de gestão, para atingir os objetivos e metas estabelecidos na etapa anterior, as pessoas responsáveis, os recursos envolvidos e os prazos;

- tratamento de desvios, incidentes, acidentes, doenças, ações emergenciais, corretivas e preventivas ou mitigadoras, para garantir que a gestão de saúde e segurança no trabalho está implementada e mantida na empresa.


A experiência mostra que um bom ambiente de trabalho contribui, sobremaneira, para aumentar a produtividade, porque permite e facilita o planejamento da produção, melhora a comunicação interna e as relações de trabalho, aumenta a confiança e a auto-estima, alicerça o comprometimento de todos e a cooperação.

Enfim, todos só têm a ganhar com a gestão de saúde e segurança no trabalho, os trabalhadores, a empresa e o País.


Modelo da Saúde e Segurança no Trabalho

Este modelo possui uma metodologia voltada para a antecipação e a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais que alia a simplicidade da intervenção, própria para atender às micro e pequenas empresas, e a profundidade das ações técnicas necessárias para sua efetividade, eficiência e eficácia.

O Modelo da Saúde e Segurança no Trabalho oferece três modalidades de intervenção preventiva nos ambientes de trabalho, basicamente visando à:
- redução dos riscos de acidentes de trabalho;
- prevenção em saúde ocupacional;
- prevenção de doenças crônicas não-transmissíveis (diabetes e hipertensão); 
- prevenção ao sedentarismo.


Características

Atualmente a Saúde e Segurança no Trabalho possui as seguintes características:
- foco na empresa e nos trabalhadores da indústria brasileira;
- ações executadas preferencialmente nas empresas, no local de trabalho;
- concentração de esforços em torno do objetivo de redução dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais;
- diagnóstico dos ramos industriais com maior ocorrência de acidentes em cada Estado;
- alocação de profissionais nas empresas de maior risco para identificação dos fatores causais dos acidentes e apoio subseqüente para a correção dos problemas com prevenção ou eliminação dos riscos;
- acompanhamento das ações praticadas pela empresa e avaliação dos resultados concretos obtidos;
- prática consolidada de atividades ligadas ao meio ambiente laboral e à saúde dos trabalhadores, com a execução conjunta dos programas: Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional -PCMSO e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais PPRA, para atendimento do conceito de ambientes saudáveis de trabalho;
- na saúde, ênfase na atenção também aos problemas ocupacionais com agregação de cuidados a um elenco seletivo de doenças crônicas não-transmissíveis -hipertensão, diabetes e sedentarismo, com enfoque preventivo e de educação para a saúde;
- correlação entre as ações de segurança e saúde no trabalho e os resultados alcançados pelas empresas em termos de produtividade e competitividade de seus produtos;
- integração com os esforços e iniciativas das instituições, organizações e demais atores dos setores público e privado que atuam na área de segurança e saúde no trabalho, constituindo-se em uma parte do sistema nacional de proteção ao trabalho e ao trabalhador;
- atenção às exigências dos organismos governamentais de forma conjunta, diminuindo as despesas da empresa.


Vantagens para a empresa que detém a Saúde e Segurança no Trabalho:
- previne e reduz os acidentes e doenças;
- protege a integridade física e mental dos trabalhadores;
- educa para adoção de práticas preventivas;
- evita os custos com medicação e próteses;
- diminui o absenteísmo;
- melhora, continuamente, os ambientes de trabalho;
- evita prejuízos à imagem da empresa;
- elimina danos patrimoniais;
- reduz o prêmio das seguradoras;
- evita o pagamento de perícias, honorários e indenizações legais;
- potencializa as relações interpessoais;
- otimiza o clima organizacional;
- atende aos requisitos da legislação;
- aumenta a produtividade;
- amplia a competitividade da empresa;
- expande seu mercado de atuação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário