4.4.11

NÓS DE SALVAMENTO

Nó de Sirga ou Pega

Este nó começa-se com um cote direto e faz-se com que o chicote passe por baixo dele. Repara na figura 25 para melhor veres a execução deste nó.



Nó Lais de Guia

A este nó também se chama de nó de Salvação Simples ou Cadeira Alpina.
Passado sob as axilas de uma pessoa, serve para a suster ou deslocar, quer puxando-a no solo, que içando-a ou deslocando-a (Fig.26).



Nó Lais de Guia Duplo

Também designado por Nó de Salvação Duplo, aplica-se em vez do anterior quando a cabo utilizada for de fraca resistência, em relação ao esforço que nela se vai empregar.
Na sua execução, começa-se como o nó anterior, ao que se seguem duas voltas dadas com o chicote, que devem ser semelhantes para permitir uma divisão igual do esforço pelas duas. O final do nó obtém-se quando o chicote terminar o percurso indicado pela seta na figura 27.



Nó de Estribo

O nó de estribo ou alpinista executa-se dando com o seio duas voltas redondas de sentidos contrários, que, depois de ligeiramente sobrepostas, se vai passar o seio pela intersecção das voltas e, depois, socá-lo convenientemente, conforme podes ver na figura 28.



Nó de Encapeladura

Este nó é também designado por nó de Cadeira de Bombeiro ou nó de Catau.
O nó de Encapeladura tem várias variantes. Apresentamos-te aqui duas delas (Fig.29 e Fig.30).




Bombeiroswaldo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário